Mar de Ti...Chama-me


***
***
Amor meu
Neste momento que somos hoje
Senti teu chamamento;
Estava eu tão distante
Envolvida em olhares outro
Que, por instantes, segundos apenas
Me distanciei de ti
***
Temores não mais sentirás
Vê, estou aqui...
Em porões de mundos tantos... haveremos
Por todo um sempre de embarcar
Em mornos, gélidos, quentes, e doces...
Noites-Dias, Luas-Sóis
Não precisas esperar-me em portos
Que me fostes um dia
Não precisas repetir nada
Do que foi dito, feito, sentido...
***
Quero-te por demais revestido do novo
Revestido do oceano
Em que inda haveremos de inaugurar;
Se queres o meu Amor
Tanto quanto, Quero Eu o Teu...
Acostuma-te Homem
Eu sou...a multiplicidade das paixões
Revelações contínuas
Em cada amanhecer de mim
***
Descubra-me lentamente
Para então poderes
Ter-me
Ser-me
Em completo abandono
De almas livres e sentimentos soltos...
Presos, nas razões que ainda não descobri.

8 comentários:

efeneto disse...

A poesia é a matemática dos sentimentos. Ou seja, as emoções expressam-se de um modo muito preciso. Não podemos permitir-nos colocar uma vírgula fora do lugar e as palavras têm de estar no sítio certo. Por tudo isto e por mais aquilo que quisermos acrescentar seja bem vinda ao “Almas...”. A vida é demasiado curta para nos permitir interessar-nos por todas as coisas, mas é bom que nos interessemos por tantas quantas forem necessárias para preencher os nossos dias, e você aqui junto de nós vai preencher as almas dos nossos amigos leitores. Voltamos á luta...efeneto.

Estrela do Sul disse...

Cara Amiga, adorei. Que maneira linda de cantar o Amor. E como eu compreendo este poema, esta canção. Voltarei sempre...sempre, para deliciar meu espírito, em maravilhas como esta, táo bem percebidas por mim.
Beijo Amigo

Mário Rodrigues

Mário Margaride disse...

Querida Sentir dos Sentidos!

Aqui e agora, te direi. Quanto me emocionei. Ao ler este maravilhoso poema! É um sentir puro, autêntico, verdadeiro. Que só um ser maravilhoso como tu, o podia expressar de forma tão pura, e profunda.
És um ser sensível, terno, maravilhoso!
Te adoro querida amiga! Te amo!!!
Como nunca amei ninguém.

Beijo...de grande ternura...e amor.

Mário.

Um Momento... disse...

Li , senti, e com as palavras me encantei...
Lindo poema :))
Um beijo de e por tão Belo Momento(*)

GarçaReal disse...

Descubra-me lentamente para então puderes ter-me...Bonito
bj

manuela disse...

Maravilhoso!...o amor reencontrado e fortalecido depois do afastamento...o pedido de entrega que aguarda a aceitação...uma noite doce, poetisa.

collybry disse...

Poeta, que gravas em memoria de papel, o sentir de Tua Alma...


Meu doce beijo

Reflexos da Alma disse...

Minha Mais que Querida !

SIMPLESMENTE AMEI !!!!

Beijos sem limites !!!