Incertezas…


Já não sei o que és para mim…
Tenho medo de te perder…
Medo que já não me ames…
Não sei se ainda te quero desta maneira…
Não sei o que sinto,
Não sei se te amo,
Estou confusa!
Sempre que estou contigo sinto-me bem…
Acredito que tudo tenha solução!
Só que não vejo nenhuma para mim…
Acredito que sou alguém…
Será que sou?
Sem ti… Não sou…
Preciso de ti!
Para me fazeres sentir bem…
Adoro-te…
Preciso que me faças sentir que sou alguém…
e…
No meu coração…
quero ouvir-te…
preciso ouvir-te…
que…
sou tudo para ti!...
Desculpa as minhas incertezas…
AMO-TE!


butterfly

10 comentários:

lua prateada disse...

Tudo tem solução e ...és sim alguém! mas nem sequer és um alguém qualquer és um alguém muito expecial...Acredita em ti e todos acreditarão.Se essa pessoa não te vê então nada vale tenta esquercer....(fácil dizer...)beijinho prateado da
SOL

Olhos de mel disse...

Que carinho transmites, apesar de toda dúvida... O tempo dirá, minha amiga! Vivas e aproveites.
Sejas feliz! Boa semana!
Beijos

Beti disse...

és especial! Nota-se!
Neijinho!
:)*

manuela disse...

Lindo!...as incertezas fazem parte da vida e ninguém é tudo para ninguém...beijos.

sozinha...eu e tu disse...

Olá. Gostei deste seu espaço e de ler os seus amigos, gosto muito deste poema. Voltarei sempre. Um beijo para si e vou visitar os seus amigos.

_E se eu fosse puta...Tu lias?_ disse...

Dúvida é sinal de conhecimento;)

*****************************

Olhos de mel disse...

Olá meninos que fazem brilhar o Almas Poéticas, passei pra saber de vocês e deixar beijinhos

Olhos de mel disse...

Olá meninos que fazem brilhar o Almas Poéticas, passei pra saber de vocês e deixar beijinhos

Maria Clarinda disse...

Como sempre um poema maravilhoso!!!!As incertezas, fazem parte de nós...e por vezes é bom que assim seja.
Jinhos

Xana disse...

Como é sentido este grito...
"ninguém é de ninguém... mesmo quando se ama alguém."

És... e serás tudo de alguém sempre...

Beijo meu