Construí um poema para ti

No silêncio, digo o que sinto,
As palavras flutuam em mantos de néctar,
Sabores doces que dão alegria à minha existência,
Pigmentos que se desprendem dos meus olhos…
Sempre que me lembro de ti.
Na felicidade dos momentos ao teu lado,
Partilho sonhos além do sonho…
Encontro o sol no brilho do teu olhar,
Que ilumina toda a minha vida.
Pronuncio o teu nome sem parar…
E letra a letra sinto tudo o que há em ti,
Ninfa, deusa, rainha que me conquista
És o amor da minha vida,
Que clamo e quero amar.
Nos meus poemas,
Liberto, com humildade, tudo o que sinto…
Rasgo pedaços do tempo,
Já não há distância, nem barreiras,
Para estar ao pé de ti.
Fecho os olhos, sinto o toque da tua pele,
Navego nas ondas do prazer,
Entre correntes de desejo…
Neste mar de paixão, que nasce em nós.
Liberto sentimentos que me correm nas veias,
Nesta magia pura que me embriaga…
Filamentos de mel que matam a minha sede,
Do teu amor que corre em mim.
Beijo a tua boca, perco-me no teu corpo,
Na alquimia do sentimento que nos invade,
O tempo pára quando fazemos amor,
As horas congelam e o mundo pára de girar,
Nada importa … ficamos apenas nós dois.
Escrevo e digo-o ao vento
Amo-te, para sempre…

Fotografia - Marcio Farias (tema - Freiheit)

10 comentários:

Iana disse...

Olá...

Ao ler esse poema senti uma emoção tão grande... senti o amor, a ternura e a grandeza nas palavras... Parabéns esta divino mais uma vez, como sempre adoro estar aqui lendo e relendo sempre quando posso...

Beijos e beijos
Iana!!! sempre...

Perla disse...

Nada mais inspirador do que o amor.
Que ele dure para sempre e que tudo pare quando este se faz...
Só o amor na vida importa!

Bjs

Olhos de mel disse...

Sem dúvidas, um belo poema, cheio de carinho e doçura! Para mim também, amar é entrega, doação.
Bom fim de semana! Beijos

beanabela disse...

Desculpem a minha ausência, agora vejo o que realmente tenho perdido, a leitura de belos poemas.

obrigada pelo pemas que construis-te para mim!

bom fim de semana, cheiro de amor, alegria e inspiração.
beijos

OUTONO disse...

Que poema lindo...ainda vou relê-lo ...

Parabéns pela "construção"

Lyra disse...

Olá,

Chegou a atura de eu tirar umas férias :O)))

Entretanto deixei, no meu blog, um “presente” para todos os meus amigos. Espero que gostem!

Beijinhos e até breve.

;O)

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querido Luís, belíssimo poema... Ternura, carinho, amor, paixão, engredientes que fizeram esta maravilha dos Deuses... Beijinhos de carinho,
Fernandinha

Sonia Regly disse...

Achei lindo esse poema.Se vc me autorizar publico lá no Compartilhando as Letras , com os devidos créditos. Vim te convidar para conhecer meu espaço:
www.compartilhandoasletras.blogspot.com

GarçaReal disse...

Este poema é francamente belo.

Já o li várias vezes e sempre o acho cheio de beleza ,ternura e amor.

Bjgrande

BANDEIRAS disse...

Lindo poema...
Bjs