Ø G®¡†ö ðö Þöë†ä I

7 comentários:

Palavras ao vento disse...

No mar das minhas emoções, naufraguei no GRITO DO POETA, e " nele" encontrei a minha ilha imaginada...

Como tem sido hábito, desde que o leio... Fico completamente desarmada perante tanta beleza sentida nas palavras..

Beijo.

manuela disse...

A grandisosidade deste teu gesto pode marcar a diferença...ajudar quem vive na solidão, partilhar com quem precisa...não só nesta época do ano mas todos os dias...que seja um gesto quotidiano...o poema é magnífico!...beijos, amigo.

Olhos de mel disse...

Oie lindinho, profundas palavras! A indiferença, quanto dói, quanto magoa, quanto leva-nos ao isolamento... Fiquei emocionada!
Beijos

lua prateada disse...

LINDO!!! Obrigada migo............
SOL

Sunshine disse...

Apenas uma alma poética como a tua poderia com a suas palavras e as imagens lançar um Grito de atenção para a solidão e a tristeza de tantos que nos rodeiam e que olhamos sem ver ....

Rui Caetano disse...

A solidão e a tristeza existe neste nosso mundo complicado. Mas temos de a ultrapassar e encontrar um caminho de alegria.

efeneto disse...

*Palavras ao vento*
...escrevemos palavras para de alguma maneira ajudar...beijos amigos.

*Manuela*
...ajudamos da maneira que sabemos...escrevemos...beijito Manela.

*Olhos de mel*
...sempre presente amiga...beijo de amizade.

*lua prateada*
...ói lua...bons sóis te vejam...hehehe...beijo miga...

*Sunshine*
...como tem razão amiga...tantas vezes passamos ao lado e nem reparamos ou apenas fingimos que não reparamos...sempre presente com as suas palavras...beijo de amizade.

*Rui Caetano*
...Obrigado amigo pelas palavras e volte sempre...irei ao seu espaço...