Horizonte

Busquei no horizonte
Uma forma nova de ser feliz...
Nada achei!

Busquei no meio da noite
Uma maneira suave de sonhar...
Não adormeci!

Busquei, então, onde a razão
Não pode alcançar.
Fui dentro de mim
Bem profundo
E quase...
Sem querer...

Descobri-te
Por entre
Letras mágicas
Risos
Lágrimas
Palavras...

Encontrei-te!

Finalmente...


butterfly

8 comentários:

Paulo Sempre disse...

E agora onde ficam as letras mágicas?
Finalmente...

Paulo

poesiadaspiramides disse...

Tudo tem o seu tempo e o teu apareceu
ji

Entre linhas... disse...

Existe sempre um tempo certo pasra tudo...e finalmente encontras-tes.
Bom fim de semana
Bjs Zita

Palavras ao vento disse...

Um lindo poema para este meu regresso!

Butterfly...Encontrei- te no momento próprio!

Obrigada

Bom Domingo

Beijos

Maria Valadas

Pedro & Pedro (filho) disse...

Lindo!
Parabens!
Bjinhos.Pedro

NETMITO disse...

Ainda bem que encontraste...)*

Bia disse...

Descobrir o outro dentro de nós, nos traz essa ternura com que fizeste teu poema. Ficou lindo! Bela também a imagem!

Ficam pétalas perfumadas, um beijo no coração, e o desejo de um alegre e ensolarado domingo a te prenunciar uma semana de realizações.

manuela disse...

O reencontro está muitas vezes dentro de nós...lindo...beijos.