Simplesmente...1 Carta...


Lembras-te daquele dia em que nos olhamos nos olhos e sorrimos e vieste ter comigo?...
E aquele dia que passeamos pela praia e eu desenhei o teu nome na areia e tu o meu?...
A nossa relação, lembras-te?
Já não sei quantos beijos te dei mas tenho marcados quantos me destes...
Ao ver-te na rua o meu coração quase explodia de emoção e as noites sem dormir?...que passei a pensar em ti e as poucas que dormi sonhei contigo...
Eu amava-te, ainda te amo, e pensei que sentias o mesmo por mim...mas...enganei-me!...ao ver-te com outro...
Pensei matar-me, isolar-me ou desistir de tudo e todos...mas...vi que não valia a pena...nada valia por ti...
Mesmo assim eu amava-te...ficava doida quando estavas perto de mim...
Nunca pensei que me abandonasses...pensei odiar-te, detestar-te mas...não tinha capacidade!
Não me falas...Esqueces-te tudo?
Pelos vistos sim...
Vou seguir a minha vida, por ti não vale a pena sofrer...
Custa-me dizer isto mas Não Vales Nada!...
Lembras-te?...ACABOU!...

Para todas as pessoas que sofrem por amor verem que não vale a pena sofrer...

Butterfly

12 comentários:

©õllyß®y disse...

Olá, não mesmo, nem por amor nem se devia sofrer por nada, mas impossivel em fisico e sofrer faz parte do aprendizado neste estado, e já o trazemos no acto de nascer...mas temos sim o dever para de aprender a não sofrer, e menos por amor, não retribuido...

Gostei muito desta...1 carta que não se escreve mais...

Beijo dece

efeneto disse...

Butterfly é borboleta...
"Um dia, numa pequena abertura apareceu um casulo, sentei-me e observei a borboleta por várias horas. Observei o esforço que fazia para com que o seu corpo passasse através daquele pequeno buraco. Então pareceu-me que ela parou de fazer qualquer progresso.
Parecia que ela tinha ido o mais longe possível, e não conseguia. Então decidi ajudar a borboleta, peguei numa tesoura e cortei o restante do casulo. A borboleta então saiu facilmente. Mas o seu corpo estava murcho, pequeno e tinha as asas amassadas.
Continuei a observar a borboleta porque esperei que, a qualquer momento, as asas dela se abrissem e esticassem para serem capazes de suportar o peso do corpo, que iria afirmar-se no tempo. E, ei-la a esvoaçar no meio das palavras...vou-me embora, pois acabei a minha missão...
Seja bem vinda borboleta...
efeneto.

manuela disse...

O amor...sempre o amor. Há vários amores...sentidos por todo o tipo de pessoa. Só conheço dois... o amor feliz onde tudo é plenitude, e o amor acabado...memórias passadas de um amor que já não é...espero que este último te permita reconhecer e aproveitar o primeiro...um beijo de boas vindas...

O Sentir dos sentidos disse...

Olá Minha Linda Borboleta,

De tudo que li nesta carta, deixou-me a certeza mais bela...apesar dos desencontros, dos desenganos, das amargas ilusões...Ficam para sempre a marca que nos somos...eterna busca do amor, da verdade, do encantamento...
Todo sentimento vale a pena; Mesmo aqueles que nos trazem dor, pois se não arriscamos como iriamos saber? Em sabendo...que o outro não nos era merecedor, filtra o melhor que existiu, pois em tudo nesta vida tem um seu melhor...esqueçamos o pior, e VIVAMOS O AMOR!!!!!!!
Parabéns Querida, te abro os braços num gesto de amor e acolhimento neste nosso cantinho.
Estou FELIZ por estares aqui.
Beijo, beijo,beijo,beijo,

cõllybry disse...

Espero que tenham gostado...
Vim deixar uma doce bjca,

Cõllybty

Som Do Silêncio disse...

Por amor fazemos as maiores loucuras...
Mas sem dor não existe o amor!
Andam de mãos dadas, para sempre entrelaçadas...

Um Beijo em Silêncio

Entre linhas... disse...

A vida sem amor não tem o minímo de sentido,é uma vida de vazio.
No entanto...todo o sentimento vale a pena.
Bom fim de semana
Bjs Zita

Eärwen Tulcakelumë disse...

Todos nós, com certeza, ja sofremos por amor...já escrevemos cartas ... recebemos... tudo em nome desse sentimento tão lindo que nos invade.

Linda carta!!!

Deixo-te uma pérola incandescente de carinho e boas vindas.

Eärwen

cõllybry disse...

Minha querida amiguinha, de ter dado no teu blog as boas vindas, esqueci, me desculpa...

Sê bem vinda, meu doce e terno beijo________________

Maria Valadas disse...

No amor.. há encontros e desencontros.

Uma aprendizagem constante com os erros cometidos. Mas no entanto... andamos sempre na procura desse sentimento.

Uma bonita carta... em que fala o coração.

Bom fim de semana
Beijinhos da

Maria

Butterfly disse...

Olá a todos!
Obrigado pelas boas-vindas...e por me acolherem tão bem neste espaço...
Obrigado a todos pelos comentários...
É bom ver que gostaram da minha carta e que gostam dos meus poemas...
Obrigado a todos...

* Collybry: Sim concordo consigo,temos de aprender a não sofrer por amor...é dificil mas se todos tentassem iriam se sentir umas pessoas muito melhores...

* Efeneto: Adorei o texto todo que escreveu para me dar as boas vindas...Muito querido!

* manuela: Gostei muito do seu comentário,fez me pensar em muita coisa...
"Só conheço dois"
"espero que este último te permita reconhecer e aproveitar o primeiro"...Obrigado!

* o sentir dos sentidos:Comentei o seu poema...agradeci lá...Adorei muito o poema!obrigado mais uma vez!

* som do silÊncio: Obrigado pelo comentário...
"Por amor fazemos as maiores loucuras..."...concordo, fazemos coisas incriveis...Em breve visitarei o seu blog!

* entre linhas: Obrigado pelo comentário,em breve visitarei o seu blog...
A vida sem amor não tem o minimo sentido e sem a pessoa que amamos tambem não...Gostei do pensamento...

* Eärwen Tulcakelumë: Todos nós já sofremos por amor!Quem ainda não sofreu é porque tem uma pedra no lugar do coração...
O sofrer faz nos bem...aprendemos a viver melhor...Obrigado pelo comentário...

* maria valadas: Ainda bem que gostou da minha carta...Acredite que foi escrita pelo coração para alguém muito mas muito especial...
Obrigado...

*** Um Beijo muito Grande e cheio de magia para todos... E mais uma vez obrigado...Beijo,beijo,beijo e beijo***

lua prateada disse...

Sê benvinda junto de nós querida BUTTERFLY, tua carta de amor está linda...Também já escrevi cartas dessas e ,vale a pena sofrer por amor pelo menos temos o previlégio de ter AMADO!!.Beijinho com carinho da
SOL