PEGADAS NA AREIA

Aos amigos,

Este texto é para nos fazer refletir sobre os momentos em que nos julgamos sozinhos e desamparados. É para que tenhamos a certeza de que em qualquer situação teremos sempre o amparo do Criador.
Com carinho,
Eärwen.




PEGADAS NA AREIA

Uma noite eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na praia com o Senhor e através do céu,
passavam cenas da minha vida.

Para cada cena que passava,
percebi que eram deixados dois pares de pegadas na areia:
um era meu e o outro era do Senhor.

Quando a última cena passou diante de nós,
olhei para trás,
para as pegadas na areia e notei que muitas vezes,
no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.
Notei também que isso aconteceu
nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver.

Isso me aborreceu deveras e perguntei então ao Senhor:

- Senhor, Tu me disseste que,
uma vez que resolvi te seguir,
Tu andarias sempre comigo, em todo o caminho.
Contudo, notei que durante as maiores atribulações do meu viver,
havia apenas um par de pegadas na areia.
Não compreendo porque nas horas em que eu mais necessitava de Ti,
Tu me deixaste sozinho.

O Senhor me respondeu:

- Meu querido filho.
Jamais eu te deixaria nas horas de provas e de sofrimento.
Quando viste, na areia,
apenas um par de pegadas, eram as minhas.
Foi exatamente aí que eu te carreguei nos braços.
( Margareth Fishback Powers)

4 comentários:

Escorpiana Explosiva disse...

realmente esse poema é muito legal eu havia posto uma vez no meu blog pois foi num momento q eu achei muito importante colocalo adorei reler aqui .bjo

Ardeth disse...

Por certos nunca estamos sós e termos essa lembrança despertado por um poema como esse é muito confortador!

Abraços a todos ....

...o nétinho... disse...

Saudações amigas. O nétinho e amigos vêm agradecer a sua visita ao nosso espaço de palavras e amizade. Prometendo uma visita ao seu "caminhos de vento" mais demorada e atenta, convido-o a visitar os nossos blogs pessoais, onde irá encontrar apenas palavras coloridas de amizade, barradas com amor e tolerância para com o próximo. Espaços de multicores e sabores á sua escolha, visite cada um de nós e conheça gente simples com pensamentos e ideias fortes. Um abraço....efeneto

(comentário efectuado no blog do amigo ARDETH)

...o nétinho... disse...

Amiga e colega de palavras...além de muitas virtudes que já descobri em voçê, tenho estado atento ás suas publicações e tenho notado uma sensibilidade e bom gosto naquilo que escolhe. Abençoada hora em que a convidei para esta roda de amigos. Um beijo....efeneto.